Interfaces x Generics – Que tal um ORM Básico? Parte 9

Já conseguimos utilizar os métodos de inclusão, alteração e exclusão da classe TDaoUib, conforme pôde ser visto no último artigo. Porém, você deve ter notado a dependência excessiva (forte acoplamento) existente para efetuar tais operações. Outro ponto importante a ser destacado é

Que tal um ORM Básico? Parte 1

Vamos iniciar uma nova série para tratar de um tema muito importante para todo desenvolvedor de software que trabalha com Banco de Dados, ou seja, Persistência de Dados. O objetivo será criar um ORM Básico: Mapeamento objecto-relacional (português europeu) ou objeto-relacional (português

Design Pattern: Singleton

Sempre que possível, irei tratar aqui, neste blog, de assuntos relacionados à melhor organização e reutilização de código, das boas práticas de programação, da Programação Orientada a Objetos e assim por diante. Sendo assim, a partir do momento que passamos a prestar