Delphi e Parse: Novas implementações

Olá No post anterior, demos início ao trabalho de fazer com que o Delphi interagisse com o Parse (Back4app). Classe TParseUser Agora, iremos implementar novas funcionalidades. E a primeira tarefa será a de disponibilizar acesso às funções de usuários (login, logout…). Para

Delphi e Parse: Início dos trabalhos

Olá Este seria mais um post da série Dia-a-dia do Desenvolvedor de Software, porém, como penso voltar a discutir sobre o assunto no futuro, irei tratá-lo como avulso, pelo menos por enquanto. Do que se trata Utilizar Delphi para interagir com Banco

Gerar Classes – Que tal um ORM Básico? Parte 17

Ok, Ok! Somente na tecno… ops! Canal errado! Como todos já estão cansados de saber, eu utilizo o projeto desta série em alguns trabalhos meus. E nestes, já algum tempo não sei o que são “inserts“, “updates” nem “deletes“, bem como não

Dia-a-dia do Desenvolvedor de Software: Código Legado

Olá Nesta série irei postar, sempre que possível, alguns desafios que enfrento no meu dia-a-dia, atuando como desenvolvedor de software. Código Legado Em 1995, ainda funcionário de uma empresa, iniciei a construção de um software de gestão com controle de estoques, emissão

Github – Que tal um ORM Básico? Parte 15

Olá Conforme prometido… Organizei o projeto, separando uma pasta para o teste e deixando as classes do projeto numa pasta chamada OrmBasico. Feito isso, enviei para o repositório: https://github.com/luizsistemas/ORM-Basico-Delphi Criei um sprint: Sprint1- Definição, características e limitações do Projeto E três Issues:

Refatorando Atributos – Que tal um ORM Básico? Parte 13

Olá No post anterior, iniciamos análise do código e efetuamos os primeiros ajustes. Agora, iremos trabalhar a unit Atributos.pas. Primeiro, irei colocar o código já alterado e depois tecerei comentários a respeito:

Revendo o que já foi feito – Que tal um ORM Básico? Parte 12

Olá Pessoal Hoje iremos analisar as classes criadas e refatorar o que for necessário. Só depois, iremos para a implementação da classe do DbExpress que eu havia prometido no post anterior. Assim, evitamos que problemas existentes agora persistam nas próximas classes. Desde

TDaoIBX – Que tal um ORM Básico? Parte 11

Olá! Saudades? Ok, Ok, Estou em débito com vocês, caríssimos leitores! Estive realmente assoberbado aqui e acabei passando um longo tempo sem atualizar o nosso “projetim“. Ainda me encontro com a água no pescoço, mas juntei forças para mais um post. Na

TBaseDao – Que tal um ORM Básico? Parte 10

Olá Depois de alguns dias, bem corridos por sinal, estou de volta para mais um artigo. Antes de mais nada… Votação Encerrada! No artigo anterior, abri uma votação para saber qual modelo deveríamos adotar para o nosso ORM: um baseado em Generics

Interfaces x Generics – Que tal um ORM Básico? Parte 9

Já conseguimos utilizar os métodos de inclusão, alteração e exclusão da classe TDaoUib, conforme pôde ser visto no último artigo. Porém, você deve ter notado a dependência excessiva (forte acoplamento) existente para efetuar tais operações. Outro ponto importante a ser destacado é